Skip to content

7 dicas para uma viagem tranquila de moto.

dezembro 27, 2016
Roteiro – Gaste um bom tempo programando a viagem. Pesquise rotas e informações sobre as condições das estradas que te levarão ao destino: praças de pedágio, postos de gasolina e até o SOS Usuário. Use a internet a seu favor.
Pilotagem É primordial fazer paradas para alongar o corpo, hidratar-se e tomar um café. O ideal é parar pelo menos a cada duas horas sobre a moto, ou, cerca de 150/200 km rodados. Evite refeições pesadas, que dão sono. Se bater aquela vontade de uma soneca, não hesite e procure um local seguro para descansar. Pilote, no máximo, 600 km por dia. Se tiver trechos de asfalto ruim, muitas pistas simples e lentas – ou mesmo terra – a média será menor do que isso, por volta de 400 km diários.
Horário Viaje sempre de dia. O ideal é sair cedo, entre 7h00 e 8h00, e rodar até o máximo da luz solar. Evite pilotar quando o sol está se pondo. Este período conhecido como “lusco-fusco” confunde a visão dos motoristas e a sua. Um horário que pode ser até mais perigoso do que pilotar a noite.14991021_1250724838319286_7067725860747370607_o
CFR1000L África Twin – The Legend
Vestuário – Pilotar uma moto pede traje adequado. O mínimo recomendável são: capacete fechado, luvas, jaqueta com proteções para ombros, cotovelos e costas, além da calça de cordura ou, na pior das hipóteses, jeans reforçado. Botas específicas para motociclistas também são importantes. Mantenha a capa de chuva em local de fácil acesso. No verão, você certamente vai precisar dela.
Bagagem Em função do espaço, a sugestão é levar o mínimo possível de bagagem. De acordo com a viagem monte um kit com o que realmente será utilizado: mudas de roupa, tênis, celular, carregador, protetor solar, água etc. Fixe a bagagem com tiras elásticas (a famosa aranha) ou acomode em maleiros rígidos – há opções disponíveis para várias motos. Como as chuvas são comuns dessa época, convém “ensacar” a bagagem.
DocumentaçãoA documentação da moto e também a do condutor devem estar rigorosamente em dia – DPVAT, licenciamento, CNH etc. Em uma viagem não esqueça de levar também o cartão do seguro saúde e cartão de crédito. Detalhe: um documento desatualizado pode encerrar, prematuramente, uma divertida aventura sobre duas rodas!
Revisão – Verifique todo sistema de iluminação da moto e mantenha a manutenção em dia: nível de óleo, embreagem, freios e o kit relação (coroa, corrente e pinhão) ajustados. Pneus em boas condições e calibrados de acordo com a carga são alguns dos itens básicos a serem checados. Não esqueça de verificar nível do líquido de arrefecimento do motor e o estado das velas. Reaperte porcas e parafusos.
TEXTO: Guilherme Silveira / Agência INFOMOTO FOTO: Divulgação
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: